Qual a diferença entre contabilidade societária e gerencial?

A contabilidade exerce um papel estratégico dentro da organização, ela beneficia diretamente a tomada de decisão da empresa, reduz seus custos, garante regularização perante o governo, entre diferentes outras atividades. Para usufruir dessas vantagens, é necessário que o gestor saiba a diferença entre a contabilidade societária e gerencial.

Quer conhecer as diferenças entre os dois tipos de contabilidade? Confira a seguir o que é contabilidade societária e gerencial, seus principais serviços e diferenciais!

O que é contabilidade societária?

A contabilidade societária visa os usuários externos, como acionistas, Governos, fornecedores, investidores, entre outros. Seu objetivo é demonstrar de forma transparente a posição financeira e patrimonial da entidade, por isso deve observar as normas internacionais de contabilidade, as emitidas pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e CMV — pois se destina ao usuário externo.

Controle dos processos

Controle dos processos envolve os setores de produção, compras, financeiro, comercial, TI, RH e outros setores estratégicos. Para isso, todas as movimentações financeiras devem ser compartilhadas com os contadores, desde as mais simples (como registro de entrada e saída) até as mais complexas (como investimentos financeiros).

Decisão estratégica

Os relatórios contábeis gerados pela contabilidade societária são fundamentais para que os usuários internos e externos possam conhecer a situação financeira da empresa. Por exemplo, uma empresa pode publicar o balanço seguindo regras contábeis para que o mercado possa conhecer a empresa na parte de investimentos, endividamento, geração de caixa, margens de lucros etc.

O que é contabilidade gerencial?

Esse tipo está atrelado ao planejamento estratégico do negócio, tendo o objetivo de melhorar os resultados do negócio, melhorar o controle e mensuração dos gastos, elaboração de orçamentos, gestão dos gastos com despesas e custos, acompanhamento das vendas, controle e geração de fluxo de caixa.

Isso significa que a contabilidade gerencial é voltada para a gestão com foco nos resultados, enquanto a contabilidade societária segue regras regulatórias definidas por Lei e órgãos que regulam o mercado (como a Lei das S.A e a CVM).

Conjunto de técnicas

Os contadores aplicam um conjunto de técnicas e procedimentos contábeis para evidenciar, controlar e reduzir os custos da operação, inclusive o tributário. Para isso, é importante que os profissionais participem do planejamento estratégico da empresa a fim de buscar os melhores resultados na produção de informações para fins gerenciais.

Por exemplo, o negócio pode operar em um regime tributário menos benéfico ou não aproveitar de um incentivo fiscal vantajoso. Outro exemplo é a redução da alíquota de determinado produto ou eliminação de sua incidência a partir de pequenas alterações nos produtos ou na forma de prestação de serviço da empresa.

Análises e projeções

Como os contadores gerenciais atuam de forma estratégica, eles também estudam o mercado de atuação da empresa e fazem uma análise dos concorrentes para entender melhor o contexto em que a organização trabalha.

A partir das informações coletadas, eles fazem previsões do mercado, identificam tendências, riscos e oportunidades, elabora orçamento, permitindo que o gestor se prepare para mudanças futuras e garanta o melhor futuro para o negócio.

Ao entender as diferenças entre a contabilidade societária e gerencial, percebe-se que ambos os tipos são úteis para o negócio. Entretanto, é crucial ter uma equipe contábil experiente, completa e eficiente, garantindo que todas as necessidades da sua empresa sejam satisfeitas.

Entre agora mesmo em contato com a nossa equipe de atendimento e conheça como nossos serviços contribuirão para o desenvolvimento saudável do seu negócio!

0 comentários

Categorias

Receba nossos conteúdos por email.