Relatórios gerenciais: qual a importância de mantê-los atualizados?

A gestão dos negócios torna-se cada vez mais difícil devido à crescente competitividade e às novas exigências do mercado. Informações atualizadas e confiáveis contribuem para que o gestor possa tomar as melhores decisões, evitar prejuízos, planejar-se para novos investimentos, entre outras ações.

Neste artigo, falaremos sobre a importância de manter os relatórios gerenciais sempre atualizados, já que devem ser uma fonte segura de informações!

O que são relatórios gerenciais?

Os relatórios gerenciais são documentos que fornecem informações claras sobre os setores de uma empresa. Para garantir confiabilidade, as informações devem ser sempre atualizadas com dados que servem como base para planejamento e decisões.

Para a criação de relatórios objetivos, é necessário seguir algumas etapas que assegurem a precisão das informações.

Como elaborar os relatórios gerenciais?

O passo inicial é determinar um objetivo. Em sua maioria, os relatórios avaliam a parte financeira e orçamentária. Mas também podem considerar as melhorias no processo produtivo, por exemplo.

Depois, é necessário decidir quais são as informações importantes que devem constar no relatório — lembrando que os relatórios devem ser claros e objetivos, portanto, excesso de informações deve ser evitado.

Por fim, é importante que as informações sejam apresentadas em um formato que torna mais fácil sua visualização e interpretação, como gráficos e tabelas. Mas nada impede que alguns documentos sejam mais complexos.

Quais são os tipos de relatórios gerenciais?

Os relatórios gerenciais podem ser:

  • financeiros: informações associadas ao dinheiro, como custos, contas a receber/pagar, fluxo de caixa;
  • controle: informações sobre mão de obra, insumos, estoques;
  • satisfação: informações sobre satisfação de funcionários e clientes;
  • evolução: informações relacionadas ao desenvolvimento empresarial;
  • análise: oferecem resultados fundamentados na avaliação dos dados coletados (geralmente, são mais longos).

Quais os principais relatórios gerenciais?

Entre os mais importantes relatórios gerenciais, podemos citar:

  • DRE (Demonstração de Resultado de Exercício): relatório contábil que apresenta a saúde financeira da empresa (é obrigatório);
  • relatório de fluxo de caixa: identifica as entradas e as saídas em um período específico, sendo importante na gestão do capital de giro;
  • relatório de vendas: contém informações sobre as vendas (total de vendas, vendas e faturamento por vendedor, curva ABC por cliente/fornecedor/mercadoria, ticket médio);
  • relatório de curva ABC: visualiza com simplicidade os produtos que mais dão retorno financeiro;
  • relatório de contas a pagar: contém as despesas fixas e variáveis e as datas de vencimento, o parcelamento, os juros;
  • relatório de contas a receber: contém valores e prazos de recebimento de vendas;
  • relatório de estoque: contém diversas informações indispensáveis para o gerenciamento de recursos.

Por que é importante manter relatórios gerenciais?

Os relatórios gerenciais, sendo um registro sistemático de informações sobre a empresa em um período específico, são importantes porque ajudam a:

  • reduzir despesas: permitem analisar a demanda dos recursos e a possibilidade de cortar gastos sem comprometer a qualidade dos produtos;
  • otimizar o fluxo de caixa: servem como roteiro financeiro para despesas futuras, contribuindo inclusive para separar custos fixos dos variáveis;
  • tomar decisões mais assertivas: a análise das informações fundamenta as decisões dos gestores;
  • eliminar erros: indicam falhas cometidas anteriormente e que devem ser evitadas no futuro;
  • identificar diferenças sazonais: permitem acompanhar e analisar todos os meses, mostrando assim os resultados das estratégias e indicando um caminho para o planejamento futuro.

Como a tecnologia ajuda?

É importante gerar os diferentes tipos de relatórios gerenciais com mais agilidade e precisão. Nesse ponto, a tecnologia dá uma enorme contribuição.

O ERP, por exemplo, é uma tecnologia que possibilita o rastreamento de diversos dados, originados de vários setores, de maneira consolidada e centralizada. Para isso, existe um banco de dados compartilhado, com potencial para suportar diferentes funções.

Além do sistema ERP, podemos utilizar outros softwares, como WMS (sistema de gestão de armazém), TMS (sistema de gestão de transporte), alguns aplicativos e plataformas mais completas que funcionam na nuvem, com várias ferramentas e recursos.

Mostramos, então, como os relatórios gerenciais são importantes para controlar os diferentes setores de uma empresa. Sem eles, fica muito mais difícil coletar e organizar as informações, bem como tomar decisões que promovam a melhoria do negócio.

Já utiliza tecnologia avançada na confecção de seus relatórios? Tem bons parceiros para ajudar? Conheça um pouco mais sobre trabalho: visite e curta nossa página no Facebook!

0 comentários

Categorias

Receba nossos conteúdos por email.