Quais são os desafios da sucessão familiar?

Quando falamos em passar a empresa ou a propriedade rural para nossos descendentes, o assunto nem sempre é tão simples. Há dados que nos surpreendem: apenas 12% das empresas familiares alcançam a terceira geração e somente 1% atinge a quinta geração!

Esses dados resultam de uma pesquisa feita pela PwC em 2014, com mais de duas mil empresas (em um total de mais de 42 países). Apesar de serem números não tão recentes assim, a realidade atual não está muito distante do resultado evidenciado.

No Brasil, vale ressaltar, mais de 90% das empresas são familiares, conforme o IBGE. Isso mostra que nós, brasileiros, devemos nos preocupar ainda mais. Vamos falar, neste post, sobre o que é sucessão familiar e os desafios que a envolvem!

O que é sucessão familiar?

Sucessão familiar é o processo de transferência de uma propriedade ou empresa do atual proprietário (aquele que está no comando) para o membro da família que assumirá o comando em um momento específico.

Trata-se de um processo relevante para que o negócio continue e o patrimônio familiar seja preservado. Por esse motivo, é fundamental refletir e discutir sobre ele.

Quais são os desafios da sucessão familiar?

Há alguns desafios quase inerentes ao processo de sucessão familiar. Claro que o posicionamento do líder também é determinante para dirimir certas questões. Separamos alguns pontos que é preciso ter atenção, acompanhe!

Desinteresse dos herdeiros

Um dos principais desafios da sucessão familiar é o desinteresse dos herdeiros. Nem sempre os filhos, netos ou outros familiares demonstram algum interesse em assumir o comando dos negócios. É uma dificuldade que precisa ser contornada.

Conflito entre os herdeiros

Por outro lado, muitos podem pretender assumir o comando, o que tende a criar divergências entre os membros de uma mesma família. Para evitar esse tipo de problema, muitos administradores evitam falar no assunto e a família acaba por não se preparar para a situação, o que pode ser ainda pior.

Dificuldades de adaptação do novo administrador

Outro ponto a considerar é a ocorrência de conflitos entre a antiga administração e a nova. O novo administrador pode não se adequar ou não saber como dar continuidade ao negócio seguindo as diretrizes de seu antecessor. Nesse caso, ele precisa de ajuda. Quando a sucessão não acontece em decorrência de falecimento, o próprio antecessor pode prestar auxílio, acompanhando e orientando o sucessor até que ele se ajuste ao cenário.

Quando há um planejamento, a adaptação é realizada gradativamente, anos ou meses antes da sucessão efetiva. Em todo caso, algum profissional pode ir acompanhando o novo administrador em sua gestão.

Conflitos com os colaboradores

Outro desafio é que a nova administração pode não ser bem recebida pelos funcionários, principalmente se as mudanças forem extremas e repentinas. Conflitos diretos ou indiretos com os colaboradores podem gerar grandes transtornos, como desligamentos em massa ou frequentes, passivos trabalhistas, greves e, quem sabe, a necessidade de um novo administrador.

Como lidar com os desafios da sucessão familiar?

Como falamos, o posicionamento do líder atual é decisivo em grande parte do processo, mas isso não significa que ele deva simplesmente ser arbitrário em suas decisões, pois pode piorar a situação. O que vale sempre é um acompanhamento antes e durante o processo de sucessão familiar.

É importante contar com uma boa gestão administrativa, contábil e financeira para enfrentar os diferentes desafios com mais facilidade. Bons profissionais podem ajudar tanto o gestor atual quanto o sucessor, contribuindo assim para uma boa gestão de conflitos e de mudanças.

A sucessão familiar requer planejamento e organização e deve ser pensada com antecedência. Um bom suporte contribuirá para minimizar os problemas e até evitar certos transtornos. Vale deixar claro que, para realizar uma adequada sucessão empresarial, é fundamental ter um bom planejamento para definir as etapas desse processo — o que implica um acompanhamento multidisciplinar envolvendo profissionais de psicologia, RH, Finanças/Contabilidade e Jurídico.

O que achou de nosso artigo? Deseja conhecer mais sobre nosso trabalho? Aproveite para nos seguir no Instagram e no Facebook e conferir outras de nossas publicações!

0 comentários

Categorias

Receba nossos conteúdos por email.